Fachada da sede da Ancine (Agência Nacional do Cinema), na região central do Rio de Janeiro – Lucas Tavares/Folhapress

A Ancine (Agência Nacional do Cinema) retirou a divulgação de filmes nacionais de sua sede e seu site no último mês.

A agência tirou cartazes que divulgavam produções recentes em suas áreas comuns na última sexta-feira (29), a pedido de sua diretoria.

“Eles foram retirados das áreas comuns, como corredores. Dentro dos setores, não houve ordem. Na comunicação ainda temos. A assessoria internacional ainda tem. É prerrogativa de cada área” disse Érico Cazarré, assessor de comunicação do órgão.

Já do site, foram retirados banners com filmes e festivais no dia 14 de novembro. Segundo Cazarré, a ação foi feita em conjunto com o presidente da Agência.

Nas redes sociais, atores, atrizes, diretores, produtores e cinemas responderam à ação da Ancine com a divulgação de filmes nacionais.

“Em resposta à retirada dos cartazes de filmes brasileiros das paredes e plataformas digitais da Ancine. Eles retiram, nós espalhamos e relembramos aqui. Me orgulho de fazer parte de tantas produções nacionais. Viva o nosso Cinema Nacional”, disse Glória Pires ao divulgar filmes em que participou durante toda a carreira.

Entre outros famosos que protestaram em suas redes sociais, estão Monica Iozzi, Nathália Dill, Aline Moraes,Ísis Valverde, Débora Falabella, Tatá werneck, entre outros. Todos utilizaram a hastag #OCinemaBrasileiroemCartaz #Ancinesemfilmeesemcartaz
Fonte: G1

Deixe um Comentário